sábado, 25 de abril de 2015

A jovem mãe do 25 de Abril de 1974

Neste quase «auto retrato» lembro a alegria imensa do dia 25 de Abril.Bem cedinho, ouvindo a rádio, a aconselhar as pessoas a não saírem de casa, logo fiz o contrário- depois de arranjadas e pequeno almoço tomado, toca de ir para a rua saber ,de viva voz, o que se estava a passar.Era ,enfim , a liberdade e o fim da guerra colonial por que muitos de nós tanto esperavam. Passados quarenta e um anos continuo a sentir a alegria daquela manhã de Abril

Sem comentários:

Publicar um comentário